O inglês do meu colega é ruim?

Hello, awesome student!

Você disse “Save me teacher” e eu apareci para te ajudar a se libertar! Vamos lá?

Quando falamos sobre Brasil e língua inglesa, um ponto para refletirmos em nossa cultura é o fato de muitas pessoas terem a tendência em torcer o nariz para o inglês do outro. Já aconteceu com você? Às vezes ouvimos nossos colegas julgando o inglês alheio ou nós mesmos diminuímos nosso inglês em relação ao dos outros.

É humano fazer julgamentos e estranhar mas também é preciso reconhecer quando esse julgamento é preconceituoso e não leva a lugar nenhum. Além disso, é humano parar e repensar nossas atitudes e reconhecer que a melhor atitude é se colocar no lugar do outro e ter empatia com o aprendizado da pessoa.

Em vários momentos a gente se sente mal quando comparamos as pessoas. Por exemplo, alguns alunos já me relataram que em apresentações de trabalho, faculdade ou em situações que precisam falar em inglês, eles se comparam dizendo que o inglês do colega é melhor do que o deles. É importante pensarmos que esse tipo de comparação não nos faz evoluir. Se você não é um linguista qualificado para avaliar o inglês do outro, você não está avaliando o inglês de ninguém de forma profissional e construtiva, está apenas emitindo um comentário.

Sabe aquela pessoa que você acredita ter o inglês melhor que o seu? A partir do ponto que você acha que essa pessoa está confortável com o inglês dela, você está fazendo um julgamento. Você desconsidera todo o processo que a pessoa passou para chegar até ali, se é que ali é bom o suficiente para o que você deseja para sua vida. Ou seja, a gente está aqui em um mundo de suposições. Desta forma, a melhor comparação é você se comparar com você mesmo e considerar a sua evolução.

Sem alguém chegar e te corrigir de uma forma que te humilha e te faz mal, pensa o seguinte: essa pessoa que te corrigiu não merece você, ela não merece tudo o que você significa e toda essa jornada que você tá investindo em si próprio para poder aprender inglês. É essencial diminuir a importância dessas pessoas nas nossas vidas, para que assim a gente cresça!

Você já se sentiu assim? Me conta aqui nos comentários!

Me ajude a compartilhar e acabar com estes julgamentos que não nos ajudam em nada!